Tendência de sabores 2021

Tendências de Sabores e Aromas em 2021

Atualizado: Abr 14

Tudo está em movimento e temos que admitir, nos últimos meses acompanhamos o quão rápido as relações humanas podem se transformar e refletir nos hábitos de consumo: a expressão do que pensamos, sentimos, vivemos e como percebemos o mundo.


Uma recente pesquisa do Instituto Locomotiva, realizada em 72 cidades do Brasil, aponta que há, de fato, uma grande mudança do consumidor brasileiro em relação à busca de produtos e serviços. Dos mais de mil entrevistados, 82% afirmam que em 2020 passaram a experimentar novas marcas, incluindo de alimentos, devido à influência digital.

Tendência de Alimentos

Diante das tendências de consumo elencadas pela Kantar, destacamos o pilar da experiência:

  • Compartilhamento de experiência

Em meio a tantas restrições, cresce na sociedade a necessidade de comportamento de rede e de dividir suas sensações. Experiências vividas em conjunto promovem um sentimento positivo e tendem a representar maior prazer.

  • Experiências personalizadas

A distância abriu espaço a uma comunicação, mais acessível para o consumidor, principalmente pelos meios digitais, que permitem também maior conhecimento e mapeamento do público em potencial, tornando o atendimento e as experiências mais personalizados.


É verdade que ainda estamos em processo de reconstruir jornadas de consumo pós adaptação de um novo estilo de vida, o que nos mostra uma oportunidade para apostar em comunicação, pesquisa e desenvolvimento, tornado as tomadas de decisões mais estratégicas: o que devemos construir, melhorar ou mudar?


As previsões para o setor alimentício em 2020 mudaram completamente, logo no início do ano. Enquanto se acreditava na tendência das saladas e frutas para uma alimentação rápida e saudável, pesquisas dos institutos Nielsen e Kantar revelaram, no início da pandemia, novos hábitos alimentares dos consumidores, que se manterão para o ano de 2021.


Os estudos revelam a queda de alimentos crus, saladas, frutas e peixes e o aumento do consumo de massas, pães e carne vermelha, além do hábito de cozinhar em casa, que subiu 27% no segundo semestre de 2020, acompanhado pela busca de alimentos e ingredientes que tragam benefícios para a saúde geral, física e mental.


Estudos da Firmenich reforçam a ideia de que as pessoas buscam mais do que o paladar agradável em seus alimentos, passam a dar nova importância à nutrição e ao bem-estar.


Todas informações nos levam a questionar: como expressar todo essas buscas em sabor?


Somamos as principais pesquisas do setor à nossa inteligência interna para elencar as tendências que se manterão, inovações e apostas para as preferências do consumidor em para a construção do FOOD INSIGHTS 2021.

Consumo de alimentos

"Com as análises sobre as tendências de sabores que nosso departamento de marketing nos proporciona, conseguimos transmitir aos nossos clientes o que o consumidor está procurando e incrementamos nosso portfólio de produtos com novos lançamentos.

É importante estar atento ao momento do consumidor final: reinventar sabores clássicos pode ser um caminho interessante, assim como inovar ao extremo pode ser uma solução única."


- Fábio Aragão, diretor de vendas da New Max Industrial.


Dentre os aromas que prometem destaque nesse ano, temos como grandes apostas:


  • MEL

De forma global, o mel aparece tanto como ingrediente único, como combinação a outros condimentos. O item tende a aparecer cada vez mais dentre os temperos favoritos dos brasileiros.


  • GENGIBRE

O sabor e aroma distinto o gengibre, extremamente popular, proporciona uma oportunidade de inclusão em diversas inovações, graças ao toque quente combinado com sua doçura herbácea. A associação do ingrediente por parte dos consumidores também inclui aspectos emocionais, como segurança, praticidade e revitalização, em virtude de suas características de aquecer, desintoxicar, ajudar na digestão e aumentar a imunidade.


  • CÚRCUMA

Também conhecida como açafrão da terra, a raiz tem o poder de intensificar o sabor de molhos, carne vermelha, frango, legumes e verduras. É aromática e possui sabor terroso, levemente apimentado, utilizada também como colorante. Possui atividades antioxidante, antimutagênica, anti-inflamatória, antifúngica entre outras.


Dados de mercado são de extrema importância para acompanhar a aplicação e validação dos estudos:


  • Há previsão de continuidade na queda do consumo de carne bovina por parte do consumidor, não somente pelo preço, mas pela necessidade do brasileiro inovar no prato do dia-a-dia, já que as refeições passam a ser, em sua maioria, feitas e consumidas em casa. Em contrapartida, o consumo de carne suína teve aumento de 80% de julho de 2020 a janeiro de 2021, de acordo com uma pesquisa da Horus.


  • O consumo de conteúdo digital nos dá dicas sobre as preferências e desejos do consumidor: a Travel indicou o hambúrguer de frango picante como a receita de maior e mais rápido crescimento de acessos em todo mundo: 299% desde 2019. Com mais de 200 temperos à base de pimenta, reforça a tendência para o ano de 2021.


  • O report anual de buscas do Pinterest mostra o aumento de 155% em usuários que procuram por tábuas e produtos de charcutaria. O termo aparece também como “charcutaria mexicana” e “charcutaria artesanal”.


O compromisso com a inovação e tecnologia de alimentos mantém a New Max Industrial engajada com a demanda do mercado consumidor e dispostos a subsidiar o desenvolvimento e sucesso dos nossos parceiros, trabalhando com um método cooperativo de pesquisa e criação de produtos completos e personalizados.


Nos mantemos conectados em tempo real a institutos de pesquisa, análises, estudos, exames e diagnósticos para consolidar nosso foco de trabalho atual, moderno e altamente produtivo!

Tendências de sabores e aromas em 2021

Conheça o Food Insights 2021:

tendências de sabores e aromas para produtos salgados, cárneos e snacks.


Baixe Agora Gratuitamente.